Caricatura de Joaquim Coutinho de Oliveira Mota

Available actions

Reader available actions

Digital representation

Digital representation thumbnail
 

Caricatura de Joaquim Coutinho de Oliveira Mota

Description details

Description level

Simple document   Simple document

Reference code

PT/AMGDL/MM/30/08

Title type

Atribuído

Dimension and support

9x12 cm - negativo de gelatina e prata em vidro

Extents

1 Envelopes

Scope and content

Caricatura da autoria de Eduardo Tovar de Lemos representando Joaquim Coutinho de Oliveira Mota.

Natural de Vila Real de Trás-os-Montes,farmacêutico de profissão desde 1888, instalou-se em Grândola, onde foi proprietário da Farmácia Mota (posterior farmácia Baptista Limpo e actual farmácia Costa). Dedicou grande parte da sua vida ao serviço público, tendo ocupado diversos cargos e funções no período compreendido entre o final do séc. XIX e o primeiro quartel so séc. XX, nomeadamente: Administrador do Concelho, Provedor da Santa Casa da Misericórdia, presidente da Comissão Administrativa Municipal, Tesoureiro Municipal e presidente da Comissão de Melhoramentos Locais

Foi durante a sua presidência à frente da Santa Casa que se assistiu à alienação dos bens da Igreja e do Hospital da Misericórdia, "incluindo imagens de santos, paramentos, um Santo Lenho (oferta de D. Catarina de Bragança, Rainha de Inglaterra), pratas e todos os demais riquíssimos adornos", com vista à angariação de fundos para a construção do novo hospital. Daí, talvez, a legenda: "O Supremo Arquitecto: Joaquim Coutinho d'Oliveira e Mota (dizem que às vezes é cada bota!)".

Description physical location

10, ui10

Previous location

8, ui30, cx292, prat.53, est.2

Language of the material

Português